Nano Stern : Docentes | StudioClio - Instituto de Arte & Humanismo

Nano Stern

Músico
Músico, multiinstrumentista e compositor chileno das vertentes do folk, rock, canto popular e trova.
Nascido no Chile, Fernando Stern Britzmann, ou Nano Stern, começou sua carreira musical aos três anos de idade quando aprendeu violino. Aos 15 anos, junto com Felipe Cadenasso e Iván Molina, formam o trio Matorral. Após dois anos, o músico buscou outros caminhos, estudando composição no IMUC. Neste período, foi convidado a participar da Mecánica Popular, onde foi baixista durante uma temporada. Após um pouco mais de um ano de estudos, o músico partiu para a Europa, escolhendo a Alemanha como parada, onde colaborou com o grupo Ortiga e foi asssitente de produção no estúdio de Tato Gómez. Ficou um período em Amsterdam, onde estudou jazz e gravou seu primeiro álbum, entitulado "Nano Stern". Em 2007, em meio a uma viagem, gravou o álbum "Voy y Vuelvo", trabalho que foi nominado ao prêmio Altazor e premiado como "Melhor Produção do Ano" pela APES. Em 2009 lança o álbum "Los Espejos", com lançamento em Santiago, Chile, que mais tarde virou o DVD "En casa". Em 2011 lança "Las Torres de Sal", disco que gravou em quatro dias. Em 2012, Stern volta a viver em Santiago, onde colaborou com diferentes bandas, entre elas Inti Illimani e Juana Fe e se torna popular em 2013. Também foi convidado a participar do WOMAD em Austrália, FIFBA em Buenos Aires, FIM de Guadalajara, URKULT na Suécia, FUSION na Alemanha, VILJANDI na Estônia, FICIB na Colômbia e Lollapalooza, no Chile. Em abril de 2013 lança o CD e DVD “San Diego 850”, o registro de sua apresentação no Teatro Caupolicán e é convidado por Jorge Drexler a interpretar “Me gustan los estudiantes”, de Violeta Parra. 
<< Mais docentes
Nome