Liane Venturella : Docentes | StudioClio - Instituto de Arte & Humanismo

Liane Venturella

Atriz, diretora e produtora
Bacharel em Relações Públicas pela Faculdade dos Meios de Comunicação Social da PUC/RS em 1987. Iniciou sua trajetória como atriz em 1984 no Grupo Mutirão, do qual participou durante cinco anos. Em 1989 ingressou no Departamento de Arte Dramática da UFRGS. Em 1990 foi para Londres onde aprimorou seus estudos teatrais nos seguintes cursos: MIME SCHOOL, curso de mímica com Ronald Wilson (1991), MASK AND THE ACTOR, curso de máscaras com Lorna Marshall (1992). Formou-se em 1992, Desmond Jones School of Mime and Phisical Theatre, e fez parte da equipe fundadora do Depósito de Teatro. Responsável pela produção que trouxe o mestre francês Philippe Gaulier à Porto Alegre. Como diretora realizou os seguintes trabalhos: CIRCO MINIMAL (2001) e ODOYA, XIRE DAS ÁGUAS (2008) para Cia. Gente Falante Teatro de Bonecos, O GORDO E O MAGRO VÃO PARA O CÉU (2009), de Paul Auster para a Cia In.Co.MO.De-Te, LOUÇA CINDERELLA (2010) para Cia. Gente Falente Teatro de Bonecos, TEATRO DE CAIXA para Rudinei Morales, ORAYÊYÔ Cia. Gente Falante Teatro de Bonecos e UM VERDADEIRO COWBOY para o Depósito de Teatro, CORSÁRIOS INVERSOS para o grupo Mosaico Como atriz entre seus trabalhos estão: DECAMERON (1994), de Giovanni Boccacio, direção de Luis Henrique Palese, O PASTELÃO (1994), direção de Roberto Oliveira, ARLECCHINO SERVIDOR DE DOIS PATRÕES (1997), de Carlo Goldoni, direção de Luiz Henrique Palese, UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA (1997), direção de Adriane Mottola, O BARÃO NAS ÁRVORES (1998), adaptação do texto de Ítalo Calvino com direção de Roberto Oliveira, O BEIJO NO ASFALTO (1998), texto de Nélson Rodrigues com direção de Patrícia Fagundes, RISCO, ARISCO E CORISCO (1999), texto e direção de Roberto Oliveira, DOROTÉIA (2000), texto de Nelson Rodrigues e direção de Kike Barbosa, SIMULACRO DE UMA SOLIDÃO (2000), direção de Airton Tomazzoni, DUAS IGUAIS (2000), de Cíntia Moscovich, A FARSA DO PANELADA (2001), de José Mapurunga, direção de Roberto Oliveira, AUTO DA COMPADECIDA (2001), de Ariano Suassuna, direção de Roberto Oliveira, TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA (2002), de Nelson Rodrigues, direção de Ramiro Silveira, AQUELAS DUAS (2003), direção Nelson Diniz, A DAMA DO MAR (2004), com direção de Katherin Kann e Anne Regine Klovholt, CALAMIDADE (2006), com direção de Cláudia de Bem, DENTROFORA (2009), de Paul Auster, com direção de Carlos Ramiro Fensterseifer. O ESTRANHO CAVALEIRO de Michel de Ghelderode, com direção de Irion Nolasco (2013), No cinema participou de PESADELO (2002), curta 35mm com direção de Tomás Créus, MESSALINA (2003), curta 35mm com direção de Cristiane Oliveira, A FEIJOADA (2003), curta 35mm com direção de Jaime Lerner, PRATO DO DIA (2004), curta 35mm com direção de Rafael Figueiredo, SUPER FLUFI (2004), curta 35mm com direção de Tulah Angelopholus, SKETCHES, curta 35mm com direção de Fabiano de Souza, FOGO (2008), curta 35mm com direção de Hique Montanari, GROELÂNDIA (2009) com direção de Rafael Figueiredo, . Na televisão participa dos especiais da RBS TV: 5 X ÉRICO – CAMINHOS CRUZADOS (2005), produção da RBS/TV com direção de Gilberto Perin, 4 DESTINOS (2008), produção RBS/TV. Recebeu os seguintes prêmios: QUERO-QUERO/SATED MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – 1989 – A Bela Adormecida, AÇORIANOS MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – 2001 – AUTO DA COMPADECIDA, AÇORIANOS MELHOR ATRIZ – 2006 – CALAMIDADE, PRÊMIO APTC MELHOR ATRIZ MOSTRA 2004 - PESADELO.
 
 Mais informações
 
<< Mais docentes
Nome