Paulo Braga : Docentes | StudioClio - Instituto de Arte & Humanismo

Paulo Braga

Músico

 

Formou-se em piano pelo Conservatório de Tatuí, onde em 1990, foi o responsável pela criação do Departamento de Música Popular e coordenou-o até 1994. Foi professor de piano e prática de conjunto, encerrando suas atividades nesta instituição em 2008. 
Paulo exerce a  função de Coordenador Pedagógico da EMESP- Tom Jobim (Escola de Música do Estado de São Paulo) desde outubro de  2009. 
Foi professor de Prática de Conjunto, Piano Popular  e Arranjo  na  UNICAMP de 1999 a 2002.  
Como professor já participou dos seguintes Festivais :Festival de Férias de Tatuí, Festival de Férias de Londrina, Oficina de Música de Curitiba e Festival de Inverno de Ourinhos.
Juntamente com Paulo Flores, é responsável pelas nove edições do Festival Brasil Instrumental, evento representativo da Música Brasileira. Dentre os inúmeros shows desse festival, destacam-se Spok Frevo, Egberto Gismonti, Hermeto Paschoal, Hamilton de Holanda, Banda Mantiqueira, Duofel, Márcio Bahia, Pau Brasil, Joyce, Rosa Passos, Nailor Proveta, César Camargo Mariano, Eduardo Neves, Nenê, Arrigo Barnabé, Jazz Sinfônica, Trio Curupira, Dori Caymi, Márcio Montarroyos, Época de Ouro, Hélio Delmiro, Laércio de Freitas e Alessandro Penezzi, Orquestra Popular de Câmara, Sujeito a Guincho, dentre muitos outros.
Na EMESP- Tom Jobim foi organizador do 1.o Encontro Percussivo EMESP-UNESP e da 1.a Mostra Instrumental EMESP, onde também foi pianista da Big Band sob regência de Maria Schneider.
Como curador já participou dos seguintes projetos: Premio Visa Instrumental, Itaú – Rumos, Jam SESC, Festival Brasil Instrumental, projeto de ocupação da Sala Funarte Guiomar Novaes em São Paulo, Mostra de Piano na Casa de Francisca.
Atuou como solista frente algumas importantes orquestras e grupos, dentre eles a Banda Sinfônica e Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, a Royal Philarmonic Concert  Orchestra, a Camerata Villa Lobos, a Camerata Antiqua de Curitiba, e a Orquestra Sinfônica e Camerata de Cordas de Tatuí. 
Paulo desenvolve intenso trabalho de pesquisa sobre o piano no Jazz e na MPB, bem como suas fusões com a música de vanguarda. 
É integrante do QuartaD (grupo de música Erudita Contemporânea) do Trio Bonsai ( Paulo Braga – Piano, Mané Silveira – Sax  e Guéllo – Percussão),  considerado pela crítica especializada como um dos nomes de referência da música popular brasileira instrumental, do Trio 3-63 com Marcos Suzano(percussão) e Andréa Ernest Dias (Flauta).
Em 2006 foi integrante do grupo que realizou a tournée européia da cantora Mônica Salmaso.
Em 2008 foi premiado com uma bolsa da FUNARTE na categoria   “Composição Popular” e  no PROAC da Secretaria de Estado de Cultura de São Paulo, na categoria “Gravação de CD”.
Desde 1988 integra o grupo de Arrigo Barnabé, com quem atualmente  faz o show “Caixa de Ódio” o univesro de Lupicínio Rodrigues .
Discografia:
Arrigo Barnabé - “Façanhas” ( Piano e Teclado)
Arrigo Barnabé - “ Oriundi”  ( trilha do filme) (Piano e regência)
Arrigo Barnabé - “Gigante Negão” ( Teclado)
Arrigo Barnabé - “ Missa in Memoriam Itamar Assumpção” ( Piano)
Arrigo Barnabé – “ A Saga de Clara Crocodilo ” ( Piano ) 
Arrigo Barnabé – “Missa Artur Bispo do Rosário”( Piano)
Arrigo Barnabé & Paulo Braga duo – “Arrigo Barnabé e Paulo Braga ao vivo em Porto”” ( Piano ,  teclado e voz)
Villa Lobos em Paris – Obras do Concerto histórico de 1924
Camerata Antiqua de Curitiba – “Versos Brasileiros” ( Piano solista)
Orquestra Jazz Sinfônica – “Cyro Pereira 50 anos” ( Piano solista)
Ivan Lins – “Anjo de Mim” – ( Teclado)
Milton Nascimento & Orquestra Jazz Sinfônica – “Amigo” ( Piano)
Banda Savana – “Brazilian Portraits”  ( Piano)
Dominguinhos – “Nas Costas do Brasil”  ( Teclado)
Tetê Espíndola – “Só Tetê” (Piano e Teclado)
Vânia Bastos – “Canta Mais” ( Piano e Teclado)
Ana Salvagni – “Alma Cabocla” ( Piano e arranjos )
Trio Bonsai – “Bonsai Machine” ( Piano e arranjos)
Trio Bonsai – “Desdobraduras” ( Piano , Arranjos e Composições)
Trio Bonsai – “Companhia Sarau Mostra Instrumental” ( Piano , Arranjo e Composição)
Trio Bonsai – “Projeto Rumos - Itaú Cultural” ( Piano , Arranjo e Composição)
Amaranto – “Brasilêro” ( Piano)
Trio 3-63 – “Trio 3-63” ( Piano, Arranjos e Composição)
Paulo Freire – “Nuá” ( Piano e Arranjo)
Paulo Braga- Piano solo – “Muita Hora nessa Calma” ( Piano, arranjos e Composições)
Léa Freire – “Cartas Brasileiras” ( Piano)
Carlos Careqa- “ Alma Boa de Lugar Nenhum” ( Piano e arranjos)
www.myspace.com/paulobragaguimaraes 
<< Mais docentes
Nome