Las majas de Goya no aniversário do StudioClio | StudioClio

Atualidades

Las majas de Goya no aniversário do StudioClio

Enviado por studioclio, ter, 16/09/2008 - 00:00

Inaugurado em 20 de setembro de 2005, o StudioClio tem trilhado um caminho próprio na produção e difusão das ciências e das artes ao colocar em prática uma programação transdisciplinar. Ao longo desses três anos, o instituto foi palco para mais de 100 almoços culturais, 30 banquetes, 120 cursos e oficinas, 70 concertos e shows e dez exposições em sua Microgaleria Arte Acessível, entre outras atividades. Para comemorar esta trajetória, entre outras atividades, o StudioClio apresenta o recital Las majas de Goya no domingo, dia 21, às 20h.

A obra do pintor espanhol Goya (1746-1828) inspirou três composições de Enrique Granados (1867-1916): as Tonadillas (uma série de canções que tem como personagens principais a maja e o majo, figuras da sociedade espanhola retratadas nas pinturas de Goya), a suíte para piano Goyescas e uma ópera também intitulada Goyescas. No recital de aniversário do StudioClio, a soprano Luisa Kurtz e o pianista Carlos Morejano interpretam quatro das Tonadillas (El majo tímido, La maja dolorosa II, El tra la la y el punteado e El majo discreto) e a ária da personagem principal da ópera Goyescas (La maja y el ruiseñor).

Professores do Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas, os músicos gaúchos dedicam todo o programa ao repertório ibero-americano, colocando ainda em diálogo composições dos espanhóis Joaquín Rodrigo (1901-1999) e Manuel de Falla (1876-1946) e dos brasileiros Heitor Villa-Lobos (1887-1959) e Alberto Nepomuceno (1864-1920), considerado o pai da canção erudita brasileira.

Sobre os músicos

Carlos Morejano é bacharel em Música - com habilitação em Piano - pela UFRGS. Desde 1994, trabalha junto à Associação Médica do Estado do Rio Grande do Sul (AMRIGS) como pianista e diretor musical do Grupo de Médicos Cantores. Em 2007, assumiu também a área de Cultura do Instituto Vida Solidária, entidade mantenedora AMRIGS. Neste ano, voltou a integrar o quadro docente do Curso de Graduação em Música da Universidade Federal de Pelotas como Professor Substituto de Piano e Teoria Musical e participou do XII Festival Amazonas de Ópera como pianista co-repetidor na produção de Ariadne auf Naxos, de R. Strauss.

Luisa Kurtz graduou-se em Canto na Universidade Federal de Pelotas, onde atualmente trabalha como professora. Em 2008, Luisa foi selecionada para participar da Primeira Oficina Lírica do Teatro Guaíra, em Curitiba, onde tem trabalhado, ao longo do ano, com professores do Conservatório de Música de Adria, Itália. Em abril, foi solista de Carmina Burana, de Carl Orff, em versão encenada no Teatro do Sesi, em Porto Alegre, sob regência do maestro Manfredo Schmiedt. Luisa esteve ainda entre os seis cantores bolsistas selecionados para o 39.º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão.

Reserve o seu lugar

<< Voltar

Deixe seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Esta questão serve para verficar se você é um usuário ou um spam automático.
Image CAPTCHA
Coloque os códigos presente na imagem