Essa POA é boa : Outros | StudioClio - Instituto de Arte & Humanismo

 

share

Essa POA é boa

Blanca Luz Brites,Leandro Selister

Evento paralelo à 6ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, o projeto Essa POA é boa almeja tornar visível a diversidade da produção plástica gaúcha.

Um dos focos de ação do projeto é a realização de palestras em que os 12 artistas-âncoras apresentam seus convidados ao público,que terá a oportunidade de dialogar com os artistas a respeito de suas experiências.

No encontro do dia 25, coordenado por Lenira Fleck e mediado pelos curadores Blanca Brites e Paulo Gomes, o grafiterio Trampo apresentar seus trabalhos e o projeto para o Essa POA é boa, além de discutir com o público a situação das artes plásticas no Rio Grande do Sul.

Como entrada no evento, sugerimos a doação de um livro para as Bibliotecas Comunitárias apoiadas pelo StudioClio.

O principal objetivo do Essa POA é boa é facilitar o acesso do grande público aos eventos artísticos, normalmente restritos às exposições em museus, galerias e espaços culturais institucionalizados.

Encabeçado pelos artistas-âncoras Ana Norogrando, Antônio Augusto Bueno, André Venzon, Luiz Eduardo Achutti, Tramp, Grupo Afelcha, Galeria Adesivo, Gustavo Nackle, Leandro Selister, Maria Tomaselli, Rodrigo Núñez e Zorávia Bettiol, o Essa POA é boa deseja realizar eventos que se caracterizam pela excelência das obras, mas que também propanham ao público um convívio prolongado não só com as obras, mas com os processos de criação dos trabalhos.

As atividades do Essa POA é boa culminarão com uma mostra de obras dos artistas-âncoras do projeto e de seus convidados em um antiga fábrica do DC Shopping, no bairro Navegantes, de setembro a novembro, assim como a 6ª BAVM.

Mais informações sobre o projeto em www.essapoaeboa.com.br

Informações deste Evento


Docente(s): Blanca Luz Brites, Leandro Selister Quando: Dia 25 de maio Vagas disponíveis: 0
Essa POA é boa

Deixe seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Esta questão serve para verficar se você é um usuário ou um spam automático.
Image CAPTCHA
Coloque os códigos presente na imagem